Our Truth - Lacuna Coil

A nossa verdade!
As práticas pagãs que se têm mantido secretamente ao longo dos tempos são mal toleradas e rapidamente se associa todo o culto da natureza ao culto do demónio.
Esta demonização da natureza não podia deixar de incluir aquelas que mais lhe estão ligadas (as mulheres sábias que, pelo seu saber e poder, ganham rapidamente a fama de feiticeiras).
Noivas de Satanás ou estudantes da natureza? Sábias poderosas ou vitimas da superstição e inveja?
A cultura portuguesa está cheia de celebrações pagãs que foram rudemente cristianizadas de forma a iludir o povo.
Aproxima-se a data de uma grande celebração Celta onde se celebra a fertilidade da Mãe Natureza, para tal realizam-se rituais de fertilidade onde se come, bebe, dança, canta e se salta por cima de fogueiras.
Hoje em dia essas celebrações foram cristianizadas como é o caso das Maias que ainda se celebra em Beja no dia da cidade e os tão conhecidos santos populares onde ainda se saltam fogueiras.
Não importa a forma como se celebra, o que interessa é que a verdade e a pureza de se agradecer à mais poderosa fonte de energia subsista.
***Blessed be***

6 comentários:

Araj disse...

A igreja sempre teve essa capacidade, adaptar as práticas pagãs aos seus rituais. 1/3 da missa é de origem pagã ou popular...

Abade.anacleto disse...

Trequita, tens razão. Só discordo parcialmente do araj quando diz a Igreja. No fundo e desde a Antiguidade todos os Cultos se apropriaram dos anteriores. Adoptaram as mesmas datas, escolheram o sítio dos anteriores templos, etc.
É claro que sempre foi assim porque facilitava a assimilação do(s) novo(s) Deus(es).
Os Celtas dividiam o ano em períodos de 3 meses, no final dos quais se celebrava uma festa. A próxima será no dia 1 de Agosto. o Lughnasadh(também conhecido como Lammas), dedicado ao Deus Lugh (o do Braço Comprido). Lugh foi um dos poucos Deuses celebrado por praticamente todas as tribos Celtas, já que por norma cada tribo (Clã ou Thuata, esta última significando em Gaélico Povo ou Tribo)tinha o seu Panteão próprio. Lugh foi uma das raras excepções. A Wicca que não é Céltica, se bem que contenha alguns dos elementos da cultura Celta, foi fundada tardiamente principalmente com o contributo de Gardner e Crowley. Cultuar a Natureza é cultuar o Todo. O Druidismo só tem um "Mandamento": Amarás a Natureza sobre todas as outras coisas.
Desculpa Trequita, desta vez alarguei-me.
Bjokitas.

Trequita disse...

@araj
concordo totalmente :)
Bom fim de semana
Bjokitas

Trequita disse...

@abade.anacleto
não falo de Lughnasadh mas sim de Beltane de qualquer forma discordo um pouco contigo quando referes que todas as religiões ou cultos se apropriaram dos anteriores, um bom exemplo é o dos mouros quando estiveram na Península Ibérica, nessa altura coexistiam várias religiões sem conflitos e sem usurpações os problemas só surgiram mais tarde com os cristãos, há muitos exemplos melhores até que este que dei.
...
Conheço bem Wicca, realmente tem alguns fudamentos que provém dos celtas mas tem muito "folclore" à mistura, muitos rituais e encantamentos, por isso não me identifico muito com os wiccans.
...
Em relação ao druidismo reconheço que respeita o culto à Natureza mas os seus membros costumam ser pouco acessíveis tornando o culto um pouco elitista algo que também desaprovo :)
...
Ao fim de alguns anos de constante busca decidi que me identifico bastante com a religião Celta mas principalmente com a comunidade que existe em Glastonbury ou antiga e mítica Avalon.
Acredito simplesmente no culto da natureza e na força que ela exerce sobre nós, acredito também na coexistência de credos e religiões sem lutas nem constrangimentos e no dever que todos temos em ser felizes e fazer com que os outros também o sejam.
Bjokitas

Abade.anacleto disse...

Olá Trequita. Só para comentar o que disseste. Tens toda a razão em teres apontado o meu erro quando escrevo "todos os cultos", foram muitos mas não todos, é verdade. :)
Referi o festival de Lughnasadh porque no Post dizes que se aproxima uma festa celta. Essa festa não pode ser o Beltane, já que este é comemorado a 1 de Maio, daí eu ter referido o festival de Lugh que vai ser a 1 de Agosto. :)
Nem todos os Druídicos são elitistas, o Neo-druidismo não o é; o chamado Druidismo antigo, ortodoxo, nesse sim, as associações (Covans) são muitíssimo elitistas. :)
Bom fim-de-semana. :))

Abade.anacleto disse...

Olá Trequita. Só para comentar o que disseste. Tens toda a razão em teres apontado o meu erro quando escrevo "todos os cultos", foram muitos mas não todos, é verdade. :)
Referi o festival de Lughnasadh porque no Post dizes que se aproxima uma festa celta. Essa festa não pode ser o Beltane, já que este é comemorado a 1 de Maio, daí eu ter referido o festival de Lugh que vai ser a 1 de Agosto. :)
Nem todos os Druídicos são elitistas, o Neo-druidismo não o é; o chamado Druidismo antigo, ortodoxo, nesse sim, as associações (Covans) são muitíssimo elitistas. :)
Bom fim-de-semana. :))

sm

Arquivo do blogue