Culturas diferentes


Recebi um e-mail que referia alguns costumes totalmente diferentes dos europeus de entre os quais:

No Líbano, os homens podem legalmente ter relaçõessexuais com animais, mas tem que ser fêmeas. Relações sexuais com machos são puníveis com a morte.

No Bahrain, um médico pode legalmente examinar a genitalia feminina, mas para ele, é proibido olhar directamente para ela durante o exame. Pode apenas olhar atravésde um espelho...

Os muçulmanos não podem olhar os genitais de um cadáver.Isto também se aplica aos funcionários da funerária. Os órgãos sexuais do defunto devem estar sempre cobertos por um tijolo ou por um pedaço de madeira. (sim um tijolo!!!)

A penalidade para a masturbação na Indonésia é adecapitação.

Há homens em Guam cujo emprego em tempo integral é viajar pelo país e desflorar virgens, as quais pagam pelo privilégio de ter sexo pela primeira vez. Razão: pelas leis de Guam, é proibido as virgens casarem.

Em Hong Kong, uma mulher traída pode legalmentematar seu marido adúltero mas deve fazê-lo apenas com as suas mãos. Em contrapartida, a amante pode ser morta de qualquer outra maneira.

Em Cali, na Colombia, uma mulher só pode ter relações com o seu marido, e a primeira vez que isso ocorre, a sua mãe deve estar no quarto para testemunhar o acto.


Depois de ter lido isto dei por mim a pensar que o Homem é mesmo um ser complicado...
Tudo poderia ser tão simples, mas nós preferimos tornar as coisas em bichos de sete cabeças

13 comentários:

Abade.anacleto disse...

Olá Treca :). Adorei esta amostragem de culturas diferentes, diferentes usos. No entanto, houve 2 que me chocaram/fizeram rir: A masturbação ser punível com a Morte na Indonésia...Qual seria a população portuguesa se tal veredicto se nos aplicasse (risos)?; em Cali, na Colômbia, a mãe tem de estar no quarto aquando da 1ª vez!!! O freud deve revoltear no túmulo, rsrsrs e quantos homens não seriam impotentes fora do âmbito geográfico/cultural desse costume?
Gostei bastante.

praia.claridade disse...

ja me tinham enviado um mail, com estas curiosidades... realmente a cultura é algo que, muitas vezes, passa o entendimento do "próximo"...


Amiga, agora uma cena que n tem nada a ver, tou a meio dos concursos! Bjokas

Trequita disse...

@abade.anacleto
São realmente culturas diferentes da nossa, também achei muitos desses costumes intrigantes daí que os tenha publicado!
Esse da Colômbia é mesmo estranho...
Bjokitas

Trequita disse...

@praia.claridade

há muita coisa difícil de entender...

já sabes, em relação aos concursos, vai com calma e concentração, tudo vai correr bem
Bjokitas

RCataluna disse...

texto muito interessante

adorei o quadro!

Trequita disse...

@rcataluna

O quadro é realmente fabuloso!
coloquei um link na foto para se poder ver o quadro inteiro, eu coloquei só uma parte aqui no blog...
obrigada pela visita :)
bjokas

Zig disse...

Andere Länder, andere Sitten.
Países diferentes, costumes diferentes.
Aquilo da mãe estar presente também acontece noutros países, ou melhor, culturas.
No Líbano, só? Pergunta os pastores por cá como muitos perdem "os três".
Na Indonésia, a população seria redizida em 90%, aposto!
Há com cada uma!

Desambientado disse...

Complicado é pouco. Ainda bem que particamente vivemos num só país. Imaginem o que seria ter que viver com tais paranóias todas juntas?

Trequita disse...

@zig
é verdade há com cada uma!
Mas convenhamos que há umas bem estranhas...

Trequita disse...

@desambientado
Eu, por vezes penso que vivo em várias paranóias em conjunto, isto de ser alentejana numa terra de madeirenses e ainda por cima invadida por nortenhos! ufa!

Ana Pinheiro disse...

trequinha,
Vão todos para o Inferno...lol...Cambada de pecadores...ehehehe
Adoro diferentes culturas, independentemente de concordar ou não ou de aceitar...Mais interessante que os rituais, são as histórias por detrás deles...
beijo terno para ti.

Trequita disse...

@ana pinheiro

pecadores?!
lol
Normalmente essas histórias são fruto da ignorância, prepotência e poder de alguns

Chico disse...

Onde é que fica o Guam?
Como é feito o recrutamento e selecção dos profissionais? E a avaliação do desempenho?
E a progressão na carreira? As despesas de representação são pagas? Há sindicato? Formação profissional?
Estou a pensar emigrar...

sm

Arquivo do blogue