Não sei bem porquê mas sinto a presença de abutres nas minhas costas...

Chô! chô!

9 comentários:

Zig disse...

trequita:
Estou a ver que a coisa já vai melhor, já estás a fazer brincadeiras. Mas esses abutres não têm nada a ver com os que estão nos céus de Lisboa, pois não?
bjs.

nikonman disse...

:-)

Trequita disse...

@zig

Não sei por que paragens voam, em Beja não me parece que tenham posto os pés, ou melhor as patas :)

RCataluna disse...

Não sou adepto da caça, mas quando os abutres aparecem só me apetece ter uma carabina... pronto... 1, 2, 3, respirar fundo, ok... já tou melhor... e espero que tu também:)

Trequita disse...

@nikonman

:)

Trequita disse...

@rcataluna
Melhor não estou mas, acho que por muito mal que esteja há sempre uma pontinha de bom humor que me salta nem sei bem de onde e me faz dizer uma parvoíce qualquer :)

Bartolomeu disse...

Eu sei que não conheces os meu dotes culinários, mesmo assim vou oferecer-te e aos restantes frequentadores do blog, uma receita de abutre.
Ingredientes:
Dois abutres médios, vivos
6kgs. de alcachofras maduras
5 litros de azeite alentejano
5 litros de vinagre
1 saca de 50kgs, de batata
50 kgs, de arroz
10 latas de tomate em calda
20 kgs, de cebolas
10 kgs de farinha
10 kgs de açucar
6 garrfas de vinho tinto alentejano
Preparação:
Colocam-se as alcachofras,o azite, o vinagre, a batata,o arroz, as cebolas, a farinha e o arroz dentro de várias caixas de cartão e envia-se ao pessoal da cruz vermelha, para ajuda às vítimas da fome.
Soltam-se os 2 abutres, até porque somos defensores dos animais e da sua liberdade. Pega-se nas garrafitas do tinto, convidam-se os amigos para uma amena cavaqueira no quintal e guardam-se as latitas do tomate em calda, cagentes nunca sabe o dia de amanhã e convem ter sempre tomates de reserva.

Trequita disse...

@bartolomeu
hehehe, tá boa sim senhor!

Slash tor disse...

Este Bartolomeu deve estar a precisar de uma massagem!!!!!

sm

Arquivo do blogue