Está na moda


Hoje, em conversa com amigos, deparei-me com a seguinte expressão:

"está na moda ser anti-qualquer-coisa".

E eu, passados que vão os anos de adolescência em que fui "anti-tudo-e-mais-alguma-coisa", agora sou anti quê?

Cheguei à conclusão que sou anti-futilidades, comigo tem que ser:
pés bem assentes no chão e "pão-pão", "queijo-queijo".

2 comentários:

Luis Monteiro disse...

Ora, nem mais.

Trequita disse...

@ Luís Monteiro
Vamos a ver se o coelhinho da páscoa tem pilhas Duracel ou se são made in China ;)
bj

sm

Arquivo do blogue