Ecos do meu monólogo


O caminho parece-nos longo e a estrada cheia de obstáculos. Vou manter-me na linha, aprenderei a ser a melhor companhia possível, fonte inesgotável de resistência.
Não me perguntes - lamentando - os motivos, entende os factos e utiliza-os como armas.
Vais conseguir superar tudo.

2 comentários:

Zig disse...

Anima-te, cara amiga :)

Faz como eu, tenta arranjar ocupações "extra" que façam que não pensas em tristezas, já que elas não pagam dívidas, como diz o povo :))

Trequita disse...

@Zig trabalho das 8 da manhã às 8 da noite... acho que mais ocupada não posso estar!
É a vida que nos passa rasteiras constantemente... mas desta vez vai haver força para recuperar!

sm

Arquivo do blogue