Aproxima-se mais um Solstício de Inverno (Yule a partir de 21 de Dezembro) celebrado desde tempos imemoriáveis.

Há que relembrar que desde 330 d.C., altura em que o cristianismo foi estabelecido e imposto como religião oficial em algumas partes do globo, muitos dos velhos rituais e Deuses que eram venerados quase foram abandonados.
Alguns membros da sociedade de então, sedentos em querer dominar a população e adquirir riquezas uniu a sua força ao poder político da nova religião. Mas os verdadeiros pagãos (o termo pagão significa povo dos bosques) recusaram-se a aceitar a religião cristã e se algum dia o fizeram foi por extrema imposição. Mesmo assim,alguns, nunca abandonaram os seus ritos e continuaram a cultuar os seus Deuses.

Nesta altura do ano era celebrado o solstício de Inverno onde se festejava o renascimento do "Grande Deus"- o novo sol do solstício de Inverno.

Algo que ainda hoje continuamos a fazer mesmo sem saber que estamos a celebrar o Yule é a decoração de árvores de Natal (na altura a àrvore representava a Terra e os enfeites representavam o sol, a lua e as estrelas), a decoração dos nossos lares com enfeites de ramos verdes, a troca de presentes (na altura eram oferendas aos Deuses), a confecção de bolos com a forma de troncos (de Natal), as velas e a lareira acesas (na altura acendiam-se fogueiras com o intuíto de dar força ao sol que acabara de nascer) e a parte mais importante que é a celebração de um nascimento...

Que me dizem... coincidência?

Não!
Posso dizer que o nosso "Natal" é apenas uma versão cristianizada de uma celebração pagã!

6 comentários:

Zig disse...

Ó Natal, quem te viu e quem te vê...

jocasipe disse...

Natal = €'s!

(gostei das novas cores deste teu cantinho)

_m0nd_ disse...

=) gostei do espaço, assim que puder vou voltar *

Carla disse...

Passei por aqui para te desejar um Bom Natal!

Desambientado disse...

Há brilho nos pinheiros,
Como candeeiros,
Para imitar as estrelas,
As cores não são delas:
São escapadelas,
Fugazes e belas.
Que tragam:
Um Feliz Natal
Descomunal…

Félix

Zig disse...

Alô, anybody there???